Melhor Loja Física do Brasil.
Terceiro Revolucionário a caminho!

Feliz Aniversário Apple Store!

Apple_Store_Carrousel_du_Louvre 

Hoje, exatamente 10 anos atrás, a Apple abria a sua primeira loja de varejo nos EUA. 

A Apple Store foi a grande tacada do Steve Jobs para alavancar a empresa. 

Eu arrisco a dizer que se a Apple não tivesse aberto a loja física, ela não teria alcançado o faturamento de 100 bilhões de dólares que tem hoje. 

O iPod é legal, o iPhone também, iPad, Macbook etc; MAS sem um ponto de venda decente, vendedores decentes e todo um design de ponto-de-venda fantástico  para atrair e reter a galera tempo o suficiente para aprender sobre os produtos inovadores, nenhum iQualquerCoisa teria virado. 

Um produto inovador PRECISA de espaço na prateleira, pessoas que entendem do assunto e toda uma estrutura bacana para virar.

O “corner” da prateleira de uma grande loja de varejo, seja ela qual for, não é o suficiente para um fabricante posicionar produtos inovadores. 

Além do que, o “corner” da prateleira de uma rede de varejo de alcance nacional custa os olhos da cara. O pedágio cobrado pelo varejo para expor produtos de fabricantes é um absurdo crescente. 

Eu recomendo a TODOS os fabricantes de produtos de bens de consumo etc a fazerem a seguinte reflexão. 

“Será que a abertura da uma loja própria com a nossa marca em um grande shopping de grande circulação na nossa cidade não traria mais retorno em vendas,  e nos ajudaria a consolidar a história  que temos para contar para os clientes MAIS do que a simples presença na prateleira dos varejistas que estão nos extorquindo para vender lá dentro?”

Hoje, 10 anos depois, a Apple Store é uma rede de lojas própria que tem mais de 300 pontos de vendas espalhados pelos EUA e alguns países do mundo.

Mensalmente as lojas da Apple recebem dezenas de milhões de visitantes. NENHUMA, simplesmente NENHUMA, empresa de tecnologia tem a mesma exposição de produtos que a Apple tem através da Apple Store.

O faturamento e lucro que a Apple Store traz para a Apple é fantástico, confere abaixo:

Appleretailsales_chart-235599

Appleretailprofit_barchart-235611

 

Faturamento e lucro é legal, mas o que mata mesmo a concorrência é o número de pessoas que passam pela Apple Store.

Em 2003, 13,9 milhões de pessoas visitaram uma loja da Apple Store. Em 2007, mais de 100 milhões visitaram uma Apple Store. em 2010, 233,3 milhões de pessoas passaram pelas lojas, uma média de 718 mil visitantes por loja por ano, ou 13,800 visitantes por semana. 

A Apple Store é FANTÁSTICA.

Dá gosto de visitar, é o máximo. 

A Apple Store não é apenas um ponto comercial, a Apple Store é uma atração turística. Uma parada obrigatória para todo mundo que gosta de varejo, marketing, tecnologia e inovação. 

A Apple Store é a MELHOR FERRAMENTA DE MARKETING que a Apple tem! 

E eles dominam.

Confira abaixo a demonstração que Steve Jobs fez da 1a Apple Store em 2001. 

No vídeo Steve Jobs fala de algumas coisas "óbvias" que todo mundo sabe, mas ninguém faz.

Ele fez. 

Steve Jobs fala, "As pessoas não querem mais comprar um computador, elas querem comprar o que o computador faz. Nós temos que mostrar o que o computador faz!!"

Parece óbvio, mas NENHUMA loja de varejo próxima a você demonstra o que o produto faz. 

Na loja de carro, você tem o carro desligado; na loja de computador, todos os computadores estão desconectados da internet; na loja de livros, os livros estão fechados - e não dá para saber o que tem dentro até que tenhamos lido o bicho; no restaurante a única informação que você tem sobre o prato que você vai comer está no cardápio. Não seria legal se você pudesse ter acesso as resenhas de outras pessoas que escolheram o prato que você está pensando em comer na hora que você está pensando em escolher?

Na Apple Store TODOS os produtos a venda estão conectados a internet, funcionando, e TODOS os atendentes que trabalham na loja dominam TUDO que o produto faz.

Se você tem dúvidas sobre um produto, e quer a opinião de uma terceira pessoa, basta entrar em um dos computadores em exposição conectados a internet, e surfar na web por informações comparativas entre computadores da Apple e HP, por exemplo. Você pode até usar o computadores ligados para conversar com amigos especialistas e colocá-los em contato com os atendentes da Apple no meio da loja. 

Na Apple Store TODOS os atendentes foram educados pela empresa para atender um ciente com extrema PACIÊNCIA. TODOS os atendentes foram orientados a investir o tempo que for necessário para tirar todas as dúvidas que um cliente possa ter antes de comprar.

Quando eu comprei o meu primeiro MacBook Pro na Apple Store, eu vinha de mais de 20 anos de utilização de notebooks com Windows.

Na hora da compra eu vomitei todas as minhas preocupações, medos de compatilbilidade de arquivos, necessidade de reaprender a usar o computador para cima do vendedor que estava me atendendo.

O vendedor simplesmente me explicou tudo que eu tinha que saber. Ficamos juntos mais de 50 minutos para comprar 01 notebook. Em nenhum momento ele mostrou pressa ou impaciência com as minhas perguntas idiotas. 

Enquanto os outros varejeiros estão cortando pessoas, terceirizando o atendimento da loja, e perdendo completamente a noção técnica daquilo que estão vendendo, a Apple investe pesado em treinamento e contratação de pessoas. 

Mas a mídia de negócios e os críticos da indústria de tecnologia desceram o pau no Steve Jobs quando ele veio com esse papo de Apple Store. 

A imagem abaixo mostra a máteria de capa que a FastCompany fez detonando Steve Jobs e a Apple Store em 2004. 

A frase mais famosa naquela época era, "A Apple vai fechar as portas em 1 ano".

Jobsweb

Você poderia dizer, "A Apple consegue manter os seus vendedores treinados e atualizados porque ela vende poucos produtos. Eu queria ver a Apple manter a turma atualizada com milhares de itens."

É verdade.

Mas quando Steve Jobs voltou para a Apple em 1997, a Apple tinha centenas de itens. Steve Jobs simplesmente cortou tudo que não dava lucro ou não era inovador, ficando apenas com o que realmente interessa e era possível executar. 

No final das contas, a empresa do cara que vende milhares de itens, na verdade vende milhares de itens não-lucrativos para a própria empresa.

O que o cara deveria fazer é rapar tudo fora como Steve Jobs fez e concentrar o foco naquilo que realmente interessa para o futuro da empresa. 

Apple-Store-in-Fukoka-City-Japan
 
O vídeo abaixo mostra Steve Jobs falando sobre a abertura da FANTÁSTICA Apple Store da Quinta Avenida em Nova Iorque. 

 A Apple Store é super bem sucedida por diferentes razões, ultra atendimento, incrível design - as escadas vêm da Itália, o vidro do Japão, a madeira dos EUA, fantásticos produtos, MAS, acima de tudo, o que ela fez de mágico foi tratar o produto "computador" com incrível RESPEITO.

Antes da Apple Store, o computador era vendido em lojas tipo CompUSA, Sears etc. Lojas que mantinham os computadores em "cantos" mal iluminados, jogados de lado, cercados por pessoas sem qualquer vontade de explicar nada sobre o produto. 

Desde o início a Apple Store demonstrou incrível RESPEITO pelo produto. Esse tipo de RESPEITO atraiu a simpatia de milhões de geeks, nerds e aficcionados por tecnologia que procuravam por uma empresa que demonstrasse uma incrível vontade de RESPEITAR as coisas que amamos, no caso, o computador. 

Portanto, a grande lição que eu gostaria que você tirasse da história bem sucedida da Apple Store é: DEMONSTRE RESPEITO pelos produtos que você vende e pela indústria que você trabalha. 

O seu mercado deve estar recheado de fãs do negócio. Eles estão ansiosamente aguardando por empresas e fornecedores que demonstram um incrível RESPEITO pelo produto que eles são apaixonados. 

Posicione-se como um cara que RESPEITA a sua indústria. 

NADA MENOS QUE ISSO INTERESSA.

QUEBRA TUDO! Foi para isso que eu vim! E Você? 

Comments

Feed You can follow this conversation by subscribing to the comment feed for this post.

Puta post legal. Obrigado.

The comments to this entry are closed.