HOLLYWOODCEO Feed

5 lições de empreendedorismo que você pode aprender com Tomorrowland da Disney.

TL_Payoff_1-Sht_v6_Lg23
Você já imaginou o que aconteceria, se todos os gênios, os artistas, os cientistas, as pessoas mais inteligentes e criativas do mundo decidissem mudar o mundo de verdade?

Onde eles poderiam fazer algo assim?

Eles precisariam de um lugar livre de políticos, burocracia, distrações, ganância, um lugar secreto onde eles poderiam criar qualquer coisa maluca que eles fossem capazes de imaginar.

Nos cinemas, esse lugar chama-se Tomorrowland!

Eu acabo de assistir Tomorrowland da Disney.

Tomorrowland... o que falar do filme?

O filme tem um Q de esquisito.

O filme se perde em vários momentos.

Chega ser difícil assistir o filme até o final.

MAS, eu vou deixar de lado toda a negatividade "técnica" já levantada pelos críticos, para falar apenas sobre os insights FODÁSTICOS que eu vi no filme.

Afinal, essa é a principal lição do filme: ser OTIMISTA o TEMPO TODO!

E por conta desses insights FODÁSTICOS, você TEM QUE VER TOMORROWLAND!

Tomorrowland é uma espécie de Atlas Shrugged da Ayn Rand com final feliz.

Tomorrowland é sobre um lugar incrível em um dimensão paralela ao nosso presente onde não existem políticos, burocracia, egos inflamados, líderes etc para impedir que o espírito empreendedor das pessoas realizem coisas incríveis.

Para Tomorrowland são levadas às pessoas que criam, pensam, empreendem, inventam e sonham coisas impossíveis.

É aquela história… quando todos a sua volta estão na mesma vibe que você, tudo fica mais fácil para realizar os sonhos.

As criações desse time incrível de sonhadores são então implementadas em Tomorrowland, e depois compartilhadas com o nosso planeta.

A ideia é show, certo?

É exatamente isso que eu espero realizar com o EPICENTRO: a reunião de todo tipo de gente do bem em Campos do Jordão para juntos criarmos algo bacana que possa ser aproveitado por todos dentro e fora da cidade.

MAS, infelizmente, quando o negócio começa a ficar legal, aparece algum cara querendo transformar o sonho de todos em um negócio lucrativo apenas para ele.

Aparece então um cara do mal em Tomorrowland que assume o poder, se entitula o Governador, e acaba com a farra empreendedora que existe por lá e a conexão com a nossa realidade.

Tomorrowland é um filme sobre empreendedorismo. E tem umas tiradas MUITO LEGAIS. Por exemplo:

1. “Existem dois lobos sempre lutando dentro de você. Um está na escuridão e no desespero. O outro está na luz e na esperança. Qual lobo vence a luta? Aquele que você alimentar.”, com medo de que os pangarés que vivem na nossa realidade descubram Tomorrowland, o governador começa a plantar notícias ruins na nossa mídia (falta de água, aquecimento global, violência, guerras etc) para acabar com o planeta. A negatividade que se espalha pela mídia vai contaminando todo mundo até levar a destruição de tudo. Negatividade gera Negatividade. Positividade gera Positividade. É assim que tudo funciona. É assim que VIDA funciona.

2. “Por que você gosta tanto das Estrelas?”, “Porque eu quero ir lá.”, “Mas e se não tiver nada lá?, “E se tiver?”, Tomorrowland é sobre uma escolha muito importante que você tem que tomar na sua vida: você vai olhar tudo com otimismo ou tudo com pessimismo?

Que as coisas estão ruins eu já sei. E?

O que VOCÊ está fazendo a respeito para mudar tudo???

Pare de culpar os outros e resolve!!!

3. “Os sonhadores precisam ficar juntos; a vida não pode ser programada, as decisões são pessoais.”, sobre o quanto todos nós vivemos uma vida criada por um sistema que não te beneficia em nada e você não faz nada a respeito para mudar as coisas radicalmente. Você REALMENTE quer mudar alguma coisa? REUNA os sonhadores da sua cidade e vamos botar prá quebrar!

4. “E esse negócio de jaqueta voadora que você criou ai funciona?”, “Bom, funciona, mas tem alguns ajustes que eu preciso fazer. Eu consigo voar, mas não por muito tempo”, “Então se não funciona não interessa. Saia daqui!”, “Mas… você não acha que mesmo não funcionando direito, a demonstração de uma jaqueta voadora pode inspirar as pessoas a trabalhar por um mundo melhor e sonhar com as possibilidades que parecem impossíveis?“, eu vivo a minha vida baseada em uma filosofia MUITO IMPORTANTE para mim: seja um incentivador de pessoas. O mundo tem críticos demais! Eu sou fã do ser humano! Se dermos corda, pessoas simples são capazes de fazer coisas incríveis. Olhe para as favelas. Alguém consegue me explicar como um cara simples que as vezes não sabe nem ler ou escrever consegue construir uma casa em um morro qualquer por ai sem ter estudado engenharia civil na fucking USP em São Paulo???? ACREDITA NAS PESSOAS!!! A galera tem um potencial INCRÍVEL!

5. “Por que você escolheu ela? O que ela tem de especial?”, “Ela não desiste!”, no final do dia, quem salva tudo é uma menina como outra qualquer que de cientista ou artista não tem nada, apenas uma vontade profunda de nunca desistir de lutar por um mundo melhor.

No final do dia, se eu sou melhor do que você é, ou se você é melhor do que eu, é porque eu realizo mais do que você com as coisas que eu tenho sem reclamar do que eu não ou do que eu não posso controlar. E isso não tem nada a ver com a faculdade que eu fiz, ou o dinheiro que eu tenho; no final do dia, os melhores são aqueles que não desistem de fazer muito com o pouco que tem ou com o pouco que conhecem.

Para mudar o mundo, você precisa apenas plantar uma semente. Tudo começa ai!

ARREBENTA!!!


As lições de vida que Whiplash pode ensinar a você.

Whiplash
WHIPLASH… para começar… uma palavra… FO-DÁS-TI-CO!

FODÁSTICO!!

O que eu poderia esperar de um filme que tem o mesmo nome de uma das músicas mais QUEBRA TUDO do METALLICA?!!

WHIPLASH!!!

Você sai do filme com vontade de ser o MELHOR DO UNIVERSO em alguma coisa.

FILMAÇO!!!

WHIPLASH conta a história de um moleque que tem o sonho de ser o melhor baterista do planeta e do seu mentor que vai até as últimas consequências para fazer o potencial do moleque virar realidade.

J.K. Simmons, o ator que faz o professor “carrasco”, faturou o Oscar e o Globo de Ouro de Melhor Ator em 2015 com esse papel. O cara simplesmente DESTROI TUDO para “motivar” o moleque a desafiar os seus limites.

VOCÊ tem algum sonho sobre ser FODÁSTICO em alguma coisa?

Tipo, ser um INCRÍVEL empreendedor?

Ou um incrível designer?

Ou um incrível escritor?

Ou um incrível pai?

Ou um incrível jogador de futebol?

Para atingir um sonho desses você tem que praticar, treinar, malhar, torrar o crânio, virar noites, feriados, finais de semana, estudando detonando praticando a arte que você quer dominar.

Nada menos que isso interessa.

No filme o moleque dá um pé na bunda da namorada, um pé na bunda da família, um pé na bunda dos amigos, um pé na bunda de tudo mundo para FOCAR toda a sua energia para praticar bateria até o ponto de abrir feridas nas mãos e sangrar.

Cara, confere algumas frases FODÁSTICAS do filme:

Fletcher (o professor): “Não tem duas palavras mais prejudiciais na língua inglesa do que “Bom trabalho”.

É ISSO MESMO!

Ou você se dedica de corpo, alma e coração para ser algo incrível e inesquecível, ou vá para casa. A Vida é linda demais para ser vivida com mediocridade.

Fletcher: “Nieman, você ganhou o papel. Reservas, limpem o sangue da bateria por favor”.

Para incentivar o Andrew (o moleque) a ir além das suas possibilidades, Fletcher (o professor) chama outros bateristas para provocar o moleque com uma concorrência “saudável”, hehehe.

Ao se ver frente a concorrência, Andrew dobra os seus esforços para ganhar o seu espaço na orquestra do Fletcher.

É ISSO MESMO!

Se você se considera a última bolacha do pacote é porque você tem convivido com um bando de zé mané que sabem menos que você.

Junte-se a gente GRANDE!

Junte-se a pessoas tão FODÁSTICAS que a sua simples presença ao seu lado já detona a sua auto-estima.

Quem sabe assim você sai da sua zona do conforto.

Tá gordo e obeso? Arruma um amigo sarado para sair com você a noite.

Eu aposto que no dia seguinte você vai acordar super cedo para ir andar no parque.

Fletcher: “O meu trabalho consiste em motivar as pessoas a ir além do que é esperado delas. Eu acredito que esse tipo de trabalho é absolutamente necessário.”

É ISSO MESMO!!

ALGUÉM tem que falar a VERDADE para você.

ALGUÉM tem que ter a liberdade de colocar o dedo no seu nariz e dizer: “Jordão, você é uma porcaria! Você pode MUITO MAIS!! MUITO MAIS CARAMBA!!! Vamos ai!!! Você está proibido de levantar da cadeira até que eu veja um texto FODÁSTICO! VAMOS AI!!!

Você tem que nomear alguém para te empurrar ladeira abaixo ou escada acima.

Você pode MUITO MAIS caramba!!

WHIPLASH é FODÁSTICO DEMAIS!!

Olha esse diálogo…

Fletcher: “Eu acredito que as pessoas não entendem o que eu estava fazendo na Shaffer (a escola onde ele ensina música). Eu não estava lá para ser o maestro da banda. Qualquer idiota estúpido pode balançar os braços e manter os músicos dentro do tempo. Eu estava lá para empurrar os músicos a entregar algo que vai além da expectativa das pessoas. Eu acredito que isso é absolutamente necessário. Caso contrário, nós estamos privando o mundo do próximo Louis Armstrong. O próximo Charlie Parker. Eu já te contei sobre como o Charlie Parker se tornou o Charlie Parker?

Andrew: “Jo Jones jogou um prato de chimbal na cabeça dele.”

Fletcher: “Exatamente. Parker era um moleque que nem você. Um jovem muito bom no saxofone. MAS, durante uma sessão com Jones, ele pisa na bola na música e quase é decapitado com o chimbal. Todo mundo ri da cara dele. O que ele faz a seguir? Parker volta para casa e chora a noite inteira, mas na manhã seguinte ele pratica. E ele pratica, e ele pratica, e ele pratica com apenas uma meta na cabeça: nunca mais ninguém vai rir de mim. Um ano depois ele sobe no palco e toca o melhor solo de bateria que o planeta já escutou. Imagine se Jones tivesse dito: “Parker, você tocou bem hoje. Bom trabalho”. O que Parker pensaria de si mesmo? “Legal, eu fiz um bom trabalho hoje”. Fim da história. O mundo jamais teria conhecido Charles Parker.”

Eu preciso dizer alguma coisa???

WHIPLASH é FODÁSTICO!!!

E tem mais…

Andrew: “Mas qual é o limite de tudo isso? Qual é o limite de uma pessoa? Até onde você deve incentivar um cara a ir além dos seus limites para se tornar um Charles Parker?

A resposta é muito FODÁSTICA…

Fletcher: “Humm… um Charles Parker não tem limites. Um Charles Parker não chora quando alguém testa os seus limites”

É ISSO MESMO!!!

Um Charles Parker não tem limites.

Que tal agora pegar um cineminha?!!!

WHIPLASH!!!


As lições de Vida que você pode aprender assistindo Into the Woods da Disney.

1509674_10153020113848718_3642980586264905603_n
Eu acabo de voltar do cinema. Eu fui assistir Into the Woods com o Xandão, meu filho de 7 anos louco por música. 

QUE FILME MARAVILHOSO!!!

LINDO DEMAIS!!!!

QUE MENSAGEM!!!!

125 minutos de músicas lindas com mensagens incríveis. Into the Woods é um musical FODÁSTICO da Disney onde eles transformam Cinderela, Rapunzel, João e o Pé de Feijão e o Chapeuzinho Vermelho em pessoas comuns como eu e você cheias de dúvidas sobre a vida, decisões a tomar, medos etc.

Mas Into the Woods é um filme para quem tem uma alma sensível.

Bastou o filme terminar para um pai na minha frente levantar e dizer que foi o pior filme que ele já viu na vida. Por outro lado, duas fileiras atrás de mim, meia dúzia de pessoa aplaudiram emocionados o final do filme.

Into the Woods é mais um filme feito para educar os pais e mães dos dias hoje que estão COMPLETAMENTE PERDIDOS sobre como educar seus filhos.

Into the Woods é um filme para pais, mães e adolescentes, e não crianças. O Xandão amou as músicas, os personagens, as reviravoltas, mas não entendeu nem 10% da filosofia do filme.

Algumas frases marcantes do filme:

"Eu fui educado para ser encantado e não sincero", do Príncipe Encantado da Cinderela depois de trai-lá com outra.

"Não é legal achar que sabe tudo..., e também não é legal saber pouco", da Chapeuzinho Vermelho sobre ouvir os pais. 

"Cuidado com o que você deseja, desejos são crianças. Cuidado com o caminho que você escolhe seguir, desejos se tornam realidade, e não sem um alto custo. Cuidado com a maldição que você joga nos outros. As vezes essas maldições duram muito tempo, e se viram contra você. Cuidado com as histórias que você conta para os seus filhos, as crianças escutam tudo. Cuidado com as palavras que você diz aos seus filhos, as crianças escutam tudo. Cuidado com as coisas que você faz, as crianças vem tudo." Da Bruxa do mal.

"Ah..., se a vida fosse feita de momentos, mesmo agora, ou depois, mesmo bons, ou maus momentos - mas se a vida fosse feita apenas de momentos, então você nunca saberia que você viveu um momento. Da mulher do padeiro. 

"Você está tão diferente depois que encontrou na floresta. Você está mais generoso, mais corajoso, mais amigo. A floresta mudou você." Da mulher do simples padeiro que virou o grande herói da história.

INTO THE WOODS!!! Imperdível!!!

Vá ao cinema com a mente e o coração abertos. Eu espero que o filme te toque como me tocou e como tocou as mulheres sentadas atrás de mim. Eu espero que você não seja um pai ou mãe de coração duro e insensível.

Entre na floresta!!!

Pegue o caminho da floresta!

Porque são exatamente esses lugares escuros e perigosos e inseguros que vão transformar você em um melhor ser humano.


6 Lições de Vida que você pode aprender com o Lobo de Wall Street.

Fazia tempo que o cinema não produzia uma filme tão fodástico sobre o capitalismo como O Lobo de Wall Street.

O Lobo de Wall Street é baseado na história real de Jordan Belfort - um corretor de ações muito maluco que quebrou a banca nos anos 80 yuppies.

90% do que você vai ver no filme REALMENTE aconteceu do jeito que você vai ver - por mais maluco que pareça.

O Lobo de Wall Street é agressivo, provocativo, arrojado, simplesmente SENSACIONAL! Martin Scorsese, o diretor, desafia as barreiras do celibato em dezenas de cenas do filme. Prepare-se para ficar chocado!

O Lobo de Wall Street é cheio de cenas de sexo, drogas and rock and roll! Mas tirando todo o excesso do filme que deixaria as Senhores de Santana com os cabelos em pé, a história de Jordan Belfort tem muitas coisas para ensinar a você sobre Vida, Trabalho, Dinheiro, Capitalismo e muito mais.

O Lobo de Wall Street não é para vagabundo que trabalha apenas quando o chefe está olhando.

O Lobo de Wall Street não é para funcionário que está esperando o dia da aposentadoria ou o próximo feriadão para ir para a praia com uma caixa de cerveja para encher a pança.

O Lobo de Wall Street é para quem quer viver com a FACA NO DENTE!

TODO CIDADÃO que sonha em chegar em algum lugar na vida TEM QUE assistir esse filme!

TODO VENDEDOR que se preza TEM QUE assistir O Lobo de Wall Street!

TODO EMPREENDEDOR que se preza TEM QUE assistir O Lobo de Wall Street!

TODO LÍDER que se preza TEM QUE assistir O Lobo de Wall Street!

O filme tem incríveis três horas de duração e eu já assisti duas vezes em pré-estréias!

E vou assistir outras DUAS MIL VEZES quando o filme estiver disponível para compra.

Eu não vejo a hora de baixar o filme no meu notebook para rever todos os dias os incríveis discursos inflamados de Jordan Belfort para levantar a moral da equipe, ou os tiradas picantes sobre a vida e muito mais.

O Lobo de Wall Street estréia oficialmente nessa sexta-feira dia 24 de Janeiro. Você tem que assistir!

O Lobo de Wall Street é INCRIVELMENTE MARAVILHOSO!

Martin Scorcese é um ANIMAL!

Leonardo DiCaprio como Jordan Belfort supera qualquer expectativa! A cena em que Leonardo DiCaprio se rasteja pelo chão é provavelmente a melhor cena de cinema já feita nos últimos anos.

O Lobo de Wall Street é uma comédia épica que mostra o lado bom e ruim do setor financeiro e seus capitalistas selvagens movidos a dinheiro e ganância.

Aqui vão algumas lições de vida que O Lobo de Wall Street pode ensinar a você:

1. A Vida não é sobre casar, mandar os filhos para escola, e se aposentar na frente da televisão; a Vida é sobre ficar rico em todos os sentidos. "A única coisa que separa você dos seus objetivos são as desculpas que você dá a você para evitar o sucesso". Jordan Belfort veio do nada. Completamente obcecado por mudar de vida, aos 26 anos de idade já ganhava 49 milhões de dólares por ano. As vezes, é claro, de maneira não muito ortodoxa, digamos assim. Mas se você colocar de lado o fato de que Belfort nem sempre usava os melhores métodos para conseguir os clientes, você tem que admitir que ele simplesmente não ficava parado esperando pelas oportunidades caírem no seu colo. A sua mente sempre focada em ser bem sucedido o impedia de aceitar o NÃO como resposta - coisa que muitos de nós fazemos no nosso dia-a-dia. Ele simplesmente atacava tudo que tinha que ser feito de frente e não descansava enquanto a coisa não estivesse resolvida. Jordan, por exemplo, não ficou esperando uma chance para ser funcionário do Lehman Brothers ou Merrill Lynch - dois dos maiores bancos de investimentos dos EUA. Ele fundou a própria empresa - Stratton Oakmont - em um galpão abandonado de uma antiga mecânica de carros. Como sinal de rebeldia, Belfort manteve a empresa em Long Island longe dos narizes empinados dos grandes nomes de Wall Street. "Eu já fui pobre, e eu já fui rico, e eu escolho ser absurdamente rico". 

2. A sua equipe é a coisa mais importante que você tem. Existe uma série de cenas fantásticas ao longo do filme onde Belfort se coloca a frente dos seus funcionários para motivá-los com o seu discurso matador. Diferente da maneira boçal que a grande maioria dos executivos usam por ai para motivar as suas equipes - quando se prestam a fazer alguma coisa a respeito - a grande maioria prefere chamar uns palestrantes motivacionais ainda mais boçais para fazer esse trabalho, Jordan fala com o coração em cima da mesa. A sua autenticidade é arrebatadora. A sua emoção é contagiante. Não existe enrolação no seu discurso. Belfort é tudo menos político. O cara é QUEBRA TUDO! Ele promove festas e concursos para manter os funcionários inflamados, ele contrata animadoras de torcida para mexer com o brio da galera, ele arremessa anões em alvos de vendas; Belfort conhece os funcionários como ninguém. Ele cria apelidos para as pessoas de acordo com suas fraquezas, e conversa com elas de acordo. Jordan consegue um feito que todo líder gostaria de conquistar: ele transforma pessoas totalmente desqualificadas e sem rumo na vida em pessoas tão sedentas de sucesso quanto ele. O fato é: o grande propósito de um líder é produzir outros líderes. Se você não está atingindo esse objetivo, você não é líder de nada. Com seus métodos não-ortodoxos, ele construiu uma equipe de leais seguidores, que ele eventualmente, transformou em milionários.

3. O foco é o 1% das pessoas mais ricas do país, e eu vou ensinar a cada um de vocês a serem os melhores do mundo em conversar com esse tipo de gente. Ao concentrar o foco da sua equipe em um único e claro grupo de clientes, Jordan Belfort foi capaz de criar uma abordagem de vendas absurdamente vencedora. A cena onde Belfort ensina os seus vendedores a fechar negócios usando o script que ele mesmo criou é SENSACIONAL. Nos dias de hoje o líder que não souber vender está frito. Ele nunca vai entender de verdade o que o vendedor realmente precisa fazer para vender, e assim nunca conseguirá cobrar o que os vendedores tem que fazer, e consequentemente será enrolado por esse bando de vendedor pangaré que tem por ai. A abordagem de vendas é tudo. Dedique um tempo considerável para criar uma abordagem de vendas matadora que TODOS os seus vendedores concordam em usar para conquistar o mercado FOCADO que vocês decidiram conquistar.

Se você não tiver um foco absolutamente claro sobre o tipo de cliente que você quer conquistar, você nunca conseguirá criar uma comunicação que sensibiliza os clientes a fazê-los agir em sua direção. O problema do mundo é comunicação. Ninguém entende ninguém. Se você não dedicar tempo para entender o problema das pessoas, elas nunca vão entender as suas soluções. Leva tempo para entender a linguagem das pessoas. Foco é tudo para atingir esse objetivo.

4. Me venda essa caneta. Em uma das cenas que vai entrar para a história como um dos melhores diálogos sobre vendas já produzido para o cinema, Belfort desafia as pessoas a venderem a ele uma caneta. Os primeiros não conseguem sair da mesmice. Todos concentram seus esforços em explicar os benefícios que a caneta oferece. Blá blá blá. A coisa muda de figura quando Brad, um dos malucos que Belfort quer contratar para a sua equipe, responde: "Jordan, escreva o seu nome nesse guardanapo", Belfort responde, "Eu não posso, eu não tenho uma caneta", "Exatamente, é a lei da oferta e da demanda". Você provavelmente conhece uma série de pessoas incríveis que vivem na pobreza; e provavelmente conhece uma série de pessoas medianas que são milionárias. Por que isso acontece? Porque aqueles que vendem tudo são mais preocupados em adaptar o seu discurso de vendas aos problemas das pessoas do que necessariamente vomitar conversa fiada de vendedor em cima da galera. Enquanto as pessoas não acreditarem no que você está falando, você não consegue vender nada. Concentre-se na sua abordagem de vendas e não no produto que você vende. Ninguém liga a mínima para o produto que você vende. Portanto, lembre-se: você pode conseguir tudo na vida, contanto que ajude as pessoas a resolverem os seus problemas primeiro.

5. Quando o dinheiro acabar, a grande maioria dos seus amigos irá embora. É sempre bom lembrar que a grande maioria das pessoas que vive ao seu redor estão com você por causa da segurança que você proporciona a elas, e não porque você é um cara legal. As pessoas tem que gostar de você porque você é o diretor. As pessoas riem das suas piadas porque você é o diretor. Você não é engraçado, você é o chefe. Ponto. Não fique se achando o rei da cocada preta, você vai cair do cavalo. Quando a fortuna de Belfort começa a ir para o saco, a mulher maravilhosa que ele tinha vai embora, os amigos vão embora, todos vão embora. Eu conheço pessoalmente algumas histórias reais sobre esse tipo de situação. Profissionais que depois de demitidos nunca mais conseguiram falar com os ex-colegas de trabalho. Ninguém retorna as ligações. Ninguém ajuda o cara se recolocar. Essa é a dura realidade da vida: ninguém está exatamente contra você, mas todos estão dos seus próprios lados. Dinheiro não traz felicidade, mas dinheiro compra amigos, mulheres gostosas e puxa-sacos. 

6. Se você é o líder, quem é o seu Número 2? Uma das tarefas mais importantes para um líder é desenvolver alguém para ficar no seu lugar. Donnie Azoff é o número 2 da empresa de Belfort. Donnie é uma figura. O ator é fantástico. Eu espero que ele fatura o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante. Ele merece! Belfort descobre o cara no meio da rua. Ele fica surpreso com a pró-atividade de Donnie em conhecê-lo, e ainda mais surpreso com sua atitude depois de aprender como Belfort ganha dinheiro. A cena que Donnie pede demissão para trabalhar com Belfort é hilária, e a cena em que Donnie explica porque casou com a prima é ainda mais hilária, e a cena onde Donnie come o peixe dourado de um funcionário na frente de todos é ainda mais épica, e a cena onde Donnie se masturba na frente de todo mundo no meio de uma festa lotada só porque viu uma garota maravilhosa é ainda mais épica. O ator é incrível! Um legítimo número 2 completamente alinhado com as atitudes não-ortodoxas do número 1. 

Se eu fosse você eu desliga o seu computador agora mesmo e corria para o cinema para assistir ao filme.

Eu tenho certeza que você vai aprender muitas outras lições de vida com O Lobo de Wall Street.

NADA MENOS QUE ISSO INTERESSA!

QUEBRA TUDO! Foi para isso que eu vim! E Você?